Desembargador autoriza compartilhamento de documentos contra Fabris, Savi e Romoaldo para nova ação

Atualizado em: 02/05/2018 22:53:33

 

O desembargador Rondon Bassil Dower Filho, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), autorizou o compartilhamento de documentos da ação criminal proveniente da Operação Ventríloquo contra os deputados Romoaldo Aloisio Boraczynski Junior (MDB), Mauro Luiz Savi (DEM) e Gilmar Donizete Fabris (PSD).

A decisão busca subsidiar possível ação civil pública por ato improbidade administrativa. Foram compartilhado volumes, apensos e mídias que constavam na ação criminal.

De acordo com o Ministério Público, no período compreendido entre os anos de 2013 e 2014, os parlamentares Romoaldo Junior, Gilmar Fabris e Mauro Savi em parceria com o ex-deputado José Geraldo Riva, constituíram organização criminosa com objetivo de saquear a Assembleia Legislativa.

Consta na ação que a organização criminosa, com clara divisão de papéis, subtraiu dos cofres da Assembléia Legislativa cerca de R$ 9, 4 milhões em proveito próprio, valendo-se da facilidade que proporcionava a condição de servidores públicos e agentes políticos de alguns de seus membros.


Sebastião Siqueira

O Rádio, por suas características, entra na mente das pessoas e lá trabalha, criando um teatro individual. Desperta emoções e produz atitudes. Leia mais

MANTENHA CONTATO!

Últimas postagens

resized image
Orientações sobre idade mínima na educação infantil saem até setembro
17/08/2018
resized image
TSE registra mais de 23 mil candidatos às eleições de outubro
17/08/2018
resized image
HcanMt inaugura UTI pediatrica
00/00/0000

MURAL DE RECADOS

  • MAYSA VENTURA
    Parabéns pelo Site, agora de cara nova e pelas matérias postadas, sempre os áudios no jornal 1010 ....! Grande abraço a todos.

  • ROBERTO SHOW
    Olá pessoal do MT Via Rádio parabens pelo o trabalho de informação e a ajuda que nos dá para abrilhantar a nossa programação... 

Todos os Recados

MT Via Rádio © Copyright 2014 - Todos os Direitos Reservados - Esse site é melhor visualizado em resolução 1024 ou superior

Desenvolvimento por: Ricard Cristian